A ultrassonografia enquanto método para caracterização do tecido adiposo abdominal

Ricardo Teresa Ribeiro, Daniel Leitão, Luís Dinis, Aida Palmira Ferreira

Resumo


Objetivo – Comparar a espessura do tecido adiposo subcutâneo, pré-peritoneal e visceral medida por ultrassonografia (US) e relacioná-la com o valor do Índice de Massa Corporal (IMC).

Métodos – Duzentos e dezoito voluntários (177 do género feminino e 41 do masculino, entre os 18 e os 33 anos de idade e IMC entre 20,03 e 37,27kg/m2 ) foram submetidos a uma avaliação antropométrica (peso, altura, perímetro abdominal e questões sobre o estilo de vida) e a uma ultrassonografia abdominal.

Resultados – A US permitiu quantificar e classificar de forma objetiva e reprodutível o tecido adiposo subcutâneo, pré-peritoneal e visceral, para p<0,01. A correlação de Pearson (com p<0,01) não evidenciou variabilidade interobservador nas medições por US do tecido adiposo subcutâneo (r=0,9871), pré-peritoneal (r=0,9003) e visceral (r=0,9407). Identificou-se uma correlação linear forte entre o IMC com o tecido adiposo subcutâneo (r=0,64) e uma correlação moderada com o pré-peritoneal (r=0,56). Verificou-se que a US consegue classificar o género (masculino/feminino) com base nas espessuras do tecido adiposo intra-abdominal, perímetro abdominal e IMC com uma exatidão total de 86,69%.

Conclusões – A US demonstra ser um método objetivo e capaz na caracterização e diferenciação do tecido adiposo intra-abdominal. A utilização combinada de dados demográficos (excepto peso e altura) e US permite uma correta estimativa do IMC. Estudos futuros são necessários para se perceber a utilidade das frameworks de Deep Learning na deteção automática dos diferentes tipos de tecido adiposo abdominal, garantindo assim a possibilidade de a US se tornar um método preventivo e rápido para avaliação da obesidade.


Palavras-chave


Ultrassonografia; Obesidade; Indice de massa corporal; tecido adiposo subcutâneo

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25758/set.2213

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2020 Saúde & Tecnologia

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

ISSN: 1646-9704. Publicação anotada na ERC. NIPC 508519713

ESTeSL (IPL). Av. D. João II, lote 4.69.04. 1990-096 Lisboa